Quem tem Direito ao Seguro Desemprego 2019

Conhecer e buscar os seus direitos como trabalhador é muito importante, e o seguro desemprego é um dos direitos que você deve obrigatoriamente ter em consideração, pois ele é um benefício bastante útil para qualquer trabalhador, desde o funcionário formal até ao empregado doméstico. Por isso, é necessário que você saiba quem tem direito ao seguro desemprego 2019, e acima de tudo, entender se você faz ou não parte do grupo dos que podem receber esse seguro.

Comece a perceber um pouco mais sobre esse benefício e descubra se você tem ou não direito a ele, já a seguir

Sendo um benefício pago pelo Governo Federal por meio dos recursos adquiridos pelo Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT), o seguro desemprego está vinculado ao Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Por conta disso, é bastante comum ouvir por ai que o presidente modificou as leis que regem este benefício, já que por estar sobre tutela do Governo, é normal que ele esteja sujeito a alterações provenientes deste meio.

Quem tem Direito ao Seguro Desemprego 2019
Quem tem Direito ao Seguro Desemprego 2019

Atenção:


Como saber quem tem direito ao Seguro Desemprego 2019?

Quem direito ao seguro desempregoPara receber este benefício, você deve estar obrigatoriamente enquadrado nas exigências impostas pelo Ministério do Trabalho e Emprego para esse efeito.

Vale ressaltar que para ter direito ao Seguro Desemprego 2019, é importante que você, na qualidade de trabalhador, esteja enquadrado numa das cinco modalidades de trabalhadores habilitados ao seguro desemprego, sendo elas:

  • Seguro Desemprego Formal;
  • Seguro Desemprego Empregado doméstico;
  • Seguro Desemprego Pescador Artesanal;
  • Seguro Desemprego Empregado Resgatado;
  • Bolsa qualificação.

Veja quem tem direito a este benefício nas duas principais modalidades do Seguro Desemprego abaixo:


Seguro Desemprego para Trabalhadores Formais

Para ter direito a este seguro no caso de um trabalhador formal, é necessário:

  • Ser demitido sem justa causa;
  • Que você esteja desempregado no momento em que o pedido do seguro for feito;
  • Não possuir nenhuma fonte que constitua renda capaz de sustentar a família.

Ressaltado que a aderência a este seguro está totalmente vedada para qualquer pessoa que possua um Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ), por mas que a empresa representada por essa pessoa não esteja a operar.

Sem contar que neste caso concreto, também não há recebimento de nenhum benefício de previdência de prestação continua (com exceção do auxílio-acidente e da pensão por morte), ou seja, que possui CNPJ não pode receber a aposentadoria.

O período de trabalho também é requisito na hora de pedir o Seguro Desemprego. Para fazer o pedido a este seguro, você precisa ter trabalhado por um determinado período que depende da quantidade de vezes que você já pediu este benefício. A saber:

Para fazer o primeiro pedido do benefício é necessário:

  • Ter trabalhado 12 dos 18 meses antes da demissão;

Para o segundo pedido é necessário:

  • Trabalhar pelo menos 9 dos 12 meses antes da demissão;

Para fazer o terceiro em diante é necessário:

  • Ter trabalhado nos 6 meses antes da demissão.

Seguro Desemprego para Empregado Doméstico

Aqui também só terá direito de receber este seguro, o Empregada Doméstico dispensado sem justa causa, ou seja, de forma indireta e que enquadra-se nas seguintes exigências legais:

  • Contar com 15 meses, no mínimo, a exercer a profissão de empregado doméstico nos últimos 25 meses que vêm logo depois da demissão que levou o trabalhador a pedir o Seguro-desemprego;
  • Excetuado o auxilio-acidente e a pensão por morte, o trabalhador não pode estar a usufruir de nenhum outro benefício de carácter previdenciário com prestação continuada da previdência social;
  • Não ter nenhuma fonte de renda capaz de sustentar o trabalhador e a sua família.

Seguro Desemprego Empregado Doméstico

Se você possui o benefício do Seguro Desemprego, e deseja consultar o mesmo, existe diversas maneiras de Consulta Seguro Desemprego 2019. Fique atento a todas as informações do seu benefício.


Como requerer habilitação no Programa do Seguro Desemprego?

Para esse efeito, o empregado doméstico terá que comparecer numa das agências de atendimento ligadas ou autorizadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) com a sua CTPS, o TRCT, entre outros documentos.

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votes, average: 5,00 out of 5)
Loading...

Saldo Seguro Desemprego 2019

Saldo Seguro Desemprego 2019

Saldo Seguro Desemprego 2019 – O seguro desemprego é um importante benefício para os trabalhadores brasileiros que são desligados de uma empresa sem uma justa causa. Esse auxílio é essencial para o trabalhador que está desempregado e sem renda a ter alguns meses de seguro para sustentar sua família enquanto procura um outro emprego. Confira abaixo sobre o Saldo Seguro Desemprego 2019.

O seguro desemprego é um direito de todo trabalhador que cumpre algumas regras necessárias segundo as leis trabalhistas. O seguro desemprego já ajudou e ainda ajuda milhões de trabalhadores que perdem o emprego sem justa causa e de surpresa, para que continuem recebendo o seu salário por mais alguns meses até conseguir uma recolocação no mercado de trabalho.

Saldo Seguro Desemprego 2019
Saldo Seguro Desemprego 2019

Veja também: Como dar entrada no seguro desemprego 2019.


Saldo Seguro Desemprego 2019

Quando o trabalhador perde o emprego sem justa causa e cumpre algumas regras necessárias, ele pode fazer o pedido do seu seguro desemprego 2019. Após fazer o requerimento, é importante ficar atento ao saldo do seguro desemprego para saber se ele realmente está sendo depositado.

Para fazer essa consulta, muitas pessoas ainda ficam com algumas dúvidas de como proceder, como consultar, em qual local é possível fazer essa consulta, dentre outras informações. Vamos explicar o passo-a-passo para fazer a consulta.


Consulta Saldo Seguro Desemprego pela internet

O trabalhador possui mais de uma opção de consulta para que seja totalmente acessível verificar o saldo do seguro desemprego. O jeito mais fácil de fazer essa consulta é pela internet.

O cidadão pode acessar o site oficial da Caixa Econômica Federal, que é responsável pela administração do auxílio e seguir o passo-a-passo abaixo.

  1. Entre no site oficial da Caixa para a consulta no link https://sisgr.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CIDADAO01.
  2. Preencha os seus dados pedidos no formulário. Informe o número da sua inscrição social, que é o NIS. Este número está nas primeiras páginas da carteira de trabalho. Por fim digite a sua senha no site caso já tenha, se ainda não tiver, cadastre na própria página.
  3. Após digitar todas as informações necessárias para o cadastro, clique em “ok” e automaticamente você será direcionado para outra página para verificar o saldo do seu seguro desemprego.
Consulta Seguro Desemprego 2019
Consulta Seguro Desemprego 2019

Em caso de dúvidas, acesse a página Seguro Desemprego Online 2019 para conferir o passo a passo mais detalhado.


Consulta Saldo Seguro Desemprego em agências Caixa

Algumas pessoas têm dificuldades em consultar informações pela internet e prefere ir até uma agência da Caixa Econômica Federal e consultar nos caixas de autoatendimento ou diretamente com um funcionário do banco.

  • Procure uma agência da Caixa Econômica Federal próxima a você;
  • Leve o seu cartão cidadão, um documento oficial com foto, podendo ser identidade RG, carteira de motorista ou a própria carteira de trabalho.
Consulta Seguro Desemprego pelo Cartão Cidadão
Consulta Seguro Desemprego pelo Cartão Cidadão

Consulta Saldo Seguro Desemprego em lotéricas

Se uma Casa Lotérica estiver mais perto da sua casa que uma agência da Caixa, também é possível fazer a consulta do seguro desemprego 2019 por lá.

  • Vá até a lotérica próxima e conveniada com a Caixa Econômica Federal;
  • Leve documentos como o cartão cidadão e um documento oficial com foto;
  • Vá até um atendente e peça para consultar o saldo do seguro desemprego. Também é possível sacar o valor pela lotérica.

Após o requerimento do seguro desemprego, o cidadão deve receber o seu primeiro mês de benefício após 30 dias. Assim que o valor for depositado, o cidadão tem até 90 dias para o saque.


Documentos Necessários

O cidadão precisa estar em mãos com:

  • Cartão Cidadão;
  • Uma identidade oficial com foto (carteira de trabalho, carteira de motorista ou RG);
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (6 votes, average: 4,67 out of 5)
Loading...